Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Ancine lança editais TV e VOD que totalizam R$ 135 milhões

Data: 18/05/2022
Veículo: Tela Viva

Nesta terça, 17, a diretoria colegiada da Ancine aprovou o lançamento de dois editais do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) voltados para TV e Vídeo sob Demanda (VOD): o de Novos Realizadores TV/VOD, voltado para produtores iniciantes, no valor de R$ 20 milhões; e o de Produção TV/VOD, na modalidade Nacional e Regional, no valor de R$ 115 milhões. As produtoras poderão negociar o licenciamento das obras nos segmentos de TV e VOD de uma mesma programadora, desde que preservada a veiculação nos canais de televisão.

Ao todo, os editais disponibilizam R$ 135 milhões, que fazem parte dos R$ 1,27 bilhão aprovados para investimentos pelo FSA nos planos de ação de 2021 e de 2022. Já estão disponíveis ao mercado audiovisual R$ 808,2 milhões dos valores aprovados nos planos de ação. De acordo com a Ancine, e os demais recursos serão anunciados ainda neste ano.

Novos Realizadores

A chamada pública Novos Realizadores TV/VOD é voltada para a seleção de projetos audiovisuais brasileiros independentes, seriados e não seriados, dos tipos ficção, animação e documentário. Este edital tem o objetivo de favorecer a inserção de novos agentes no mercado, portanto as obras devem ser dirigidas por estreantes e produzidas por empresas produtoras iniciantes, classificadas na Ancine no nível 1 ou 2.

Dos R$ 20 milhões destinados à chamada, no mínimo 40% serão para produtoras independentes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e no mínimo 20% para produtoras da região Sul ou dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. ,O limite por projeto é de R$ 2 milhões.

Nacional e Regional

A chamada pública Produção TV/VOD, dividida nas modalidades Nacional e Regional, é destinada à seleção de projetos audiovisuais brasileiros independentes, seriados e não seriados, dos tipos ficção, animação e documentário, voltados para TV e para VOD.

Dos R$ 115 milhões aprovados para a chamada, R$ 47,5 milhões são para a Modalidade Regional, reservada exclusivamente para projetos provenientes das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. O limite de aporte para cada projeto é de R$ 3 milhões.

Na Modalidade Nacional, voltada para projetos de todo o país, o valor total é de R$ 67,5 milhões de recursos do FSA. O limite de aporte para cada projeto é de R$ 4,5 milhões.

Em cada modalidade, serão reservados 10% para projetos de animação; 10% para projetos com temática relacionada ao turismo; e 10% para projetos cujo tema seja esporte.

Quando publicados, os editais aprovados serão divulgados nos sites do BRDE e do FSA.

Planos de Ação

Os Plano de Ação 2021 e 2022 já contaram com o lançamento, em 2022, de seis editais para cinema no valor total de R$ 458,2 milhões:

Também foram anunciadas linhas de crédito de R$ 215 milhões para inovação e infraestrutura do setor com linhas destinadas a Infraestrutura; Novas Tecnologias, Inovação e Acessibilidade; e Capital de Giro.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp