Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Publicidade se aproxima do nível pré-pandemia na França. Anunciantes retornam ao rádio

Data: 17/05/2022
Veículo: Tudo Rádio

Retorno dos anunciantes ocorre em praticamente todos os formatos de mídia. Recuperação do mercado no país europeu ocorre de forma gradativa

Veículos especializados na cobertura sobre a mídia francesa estão destacando a recuperação gradativa do mercado publicitário local. Segundo um levantamento do IREP, o investimento em anúncios no país europeu se aproxima do seu nível pré-crise da covid-19. O crescimento geral foi de 13,7%, na comparação entre o primeiro trimestre de 2022 com o de 2021. E 12,2% na comparação ao 1º trimestre de 2019. O rádio francês é um dos beneficiados nessa retomada, seguindo o mesmo movimento observado em vizinhos como a Alemanha e o Reino Unido.

O levantamento mostra dados agregados dos “5 meios de comunicação”, ou seja, imprensa, rádio, cinema, televisão e publicidade exterior (incluindo as respetivas receitas digitais). A conta total mostra um crescimento de 13,9% na comparação com o 1º trimestre de 2021, mas ainda está 4,7% mais baixo do que o volume registrado no 1º semestre de 2019. No recorte para o rádio, o meio está bem próximo do período pré-pandemia, tendo hoje com um volume apenas -0,9% abaixo (menor distância entre todos os meios de comunicação).

Já a receita digital líquida de televisão, impresso e rádio registrou um forte impulso de 22,9% em relação ao 1º trimestre de 2021 e superou em muito o 1º trimestre de 2019, com um crescimento de 47,4%.

Segundo o levantamento BUMP, que conta com dados da Kantar, IREP e France Pub, o período atual marca “o grande retorno dos anunciantes”, totalizando 36.276 anunciantes na França em todos os meios listados, sendo 1.282 para rádio.

Há um crescimento de 55,4% na quantidade de anunciantes no rádio na comparação com o 1º trimestre de 2021, estando 12,2% mais baixo do que em 2019. E sobre o volume de publicidade no rádio, houve um crescimento de 5,5% na duração das campanhas em relação ao primeiro trimestre de 2021 e o meio está apenas 4% abaixo em relação ao primeiro trimestre de 2019.

Para chegar ao nível pré-pandemia, é necessário que 457 anunciantes retomem suas campanhas no veículo. E isso parece ser uma possibilidade cada vez mais certa, já que o retorno dos anunciantes tem sido gradativo.

E por qual razão olhar para lá fora?

O tudoradio.com costuma observar esses pontos de curiosidade dos números do rádio internacional para mapear possíveis mudanças de hábitos e a manutenção do consumo de rádio em diferentes países. Assim como ocorreu no ano anterior, periodicamente a redação do portal irá monitorar o desempenho do rádio nos principais mercados do mundo e, é claro, fazendo sempre uma comparação com a situação brasileira. E, como de costume, repercutindo também qualquer número confiável sobre o consumo de rádio no Brasil.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp