Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Anatel aprova proposta do edital 5G

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou, nesta quinta-feira (25), a proposta de edital para o leilão de frequências do 5G, a tecnologia de quinta geração.

O texto final foi aprovado, em sua maior parte, com a proposta apresentada pelo relator Carlos Baigorri, e agora deverá ser analisado pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O Conselho Diretor da Anatel se manifestou pelo cenário de migração que faz a limpeza das faixas da banda C estendida e assegura aos brasileiros que recebem o sinal de TV satelital e estejam no Cadastro Único do Governo Federal, o recebimento de kits de recepção de satélite na banda Ku.

O presidente da Abratel, Márcio Novaes, enalteceu a decisão da Anatel. “Com sabedoria e olhar social, o corpo técnico da Agência reconheceu, mais uma vez, que a política pública é adequada e garante o uso eficiente da faixa de 3,5 GHz. A radiodifusão brasileira é essencial e a decisão da Anatel para a continuidade de recepção de televisão aberta e gratuita ratifica a nossa importância”, afirmou Novaes.

Durante a reunião, o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, reforçou a importância do cadastro das estações terrenas receptoras de sinais de satélite junto ao Banco de Dados Técnicos e Administrativos (BDTA) da Agência. Somente com o cadastro, as estações poderão ser protegidas em caso de interferência provocada pelo 5G. Para mais orientações, acesse: https://abratel.org.br/noticia/estacoes-receptoras-profissionais-de-sinais-de-satelite-devem-ser-cadastradas-na-anatel/.

 

Assessoria de Comunicação da Abratel

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp