Search
Search

Com Balcão Único, governo avança com assinatura digital gratuita

Com Balcão Único, governo avança com assinatura digital gratuita

Compartilhe:
There is nothing to show here!
Slider with alias none not found.

Data: 18/01/2022
Veículo: Convergência Digital

Empreendedores de mais 11 estados brasileiros passarão a contar com o Balcão Único para iniciar um novo negócio, sem sair de casa e sem burocracias, por meio de um formulário digital. A solução tecnológica – desenvolvida pelo governo federal para integrar os dados entre órgãos de cada esfera do governo – foi implementada esta semana nas juntas comerciais do Paraná, Piauí, Rondônia e Maranhão.

Até o fim do mês, a iniciativa será integrada aos sistemas de Alagoas, Goiás, Sergipe, Tocantins, Paraíba, Rio Grande do Norte e Espírito Santo. O Balcão Único já está em funcionamento em São Paulo, Pernambuco, Bahia, Pará, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

Com a tecnologia do Balcão Único, todos os passos necessários para o funcionamento da nova empresa podem ser realizados com número reduzido de procedimentos e de forma totalmente on-line. Pelo sistema, a coleta das informações é feita por meio de formulário digital único pelo qual o empreendedor efetua o registro da empresa e já obtém o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

“O Balcão Único vai em completo acordo com as metas do governo do estado e da Junta Comercial do Paraná (Jucepar): simplificação, desburocratização e redução no tempo da abertura de empresas”, destaca o presidente em exercício da Jucepar, Sebastião Motta. “A automatização da obtenção do CNPJ é mais uma importante melhoria que vai beneficiar o setor empresarial paranaense e fomentar o ambiente de negócios no Paraná”, complementa.

Já a presidente da Junta Comercial do Estado do Piauí (Jucepi), Alzenir Porto, salienta que a solução simplifica o procedimento de abertura de empresas e incentiva a formalização de negócios. “Com o Balcão Único, toda a coleta de dados será realizada exclusivamente no sistema integrador da Jucepi, que é o Piauí Digital, evitando duplicidades de informações, reduzindo os erros de preenchimento de formulários e tornando mais célere a abertura de empresas”, aponta.

Junto com outras medidas adotadas pelo governo federal, o Balcão Único contribuiu para o Brasil alcançar uma marca inédita: a possibilidade de abertura de uma empresa em menos de dois dias. É quase um terço do tempo gasto pelos empreendedores para a abertura de negócios em janeiro de 2019, quando o processo demorava, em média, cinco dias. A expectativa do governo federal é que o sistema se torne realidade em todo o país até o fim do ano.

Medida incentiva a assinatura eletrônica disponibilizada, já utilizada em 24 juntas comerciais. A tecnologia é gratuita e dispensa a necessidade de reconhecimento de firma ou aquisição de um certificado digital. Para utilizar a assinatura do gov.br, é necessário ter na plataforma nível de identificação digital prata ou ouro, que pode ser obtido por meio de validação facial, pelo aplicativo para celular. Outra alternativa é a vinculação com uma conta bancária, ou seja, o solicitante precisa se autenticar em uma das instituições financeiras credenciadas (Banco do Brasil, Caixa, Sicoob, Bradesco, Santander, BRB e Banrisul).

COMPARTILHE:
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
E-mail
Imprimir
TÓPICOS:
Mais Lidas
Tribunais e Ministérios Públicos de Contas manifestam apoio à aprovação do PL das Fake News
STF adia para junho julgamento das ações sobre regulação de big techs
Nova diretoria da AESP foi eleita por aclamação
Rádio se mantém forte como meio de mídia, aponta pesquisa
The New York Times vai receber US$ 100 milhões do Google durante três anos
Informe Abratel

Abratel - Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Atuamos na defesa da radiodifusão no Brasil e trabalhamos para a valorização e promoção do serviço de comunicação mais democrático do país.

Notícias Relacionadas