Search
Search

CCT aprova PLS referente às Antenas

CCT aprova PLS referente às Antenas

Compartilhe:
There is nothing to show here!
Slider with alias none not found.

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e informática aprovou, nesta terça-feira, 11, o PLS 293/2012, conhecido como Lei Geral das Antenas. A proposta unifica e determina as regras para instalação das torres das empresas de telecomunicações e torna mais ágil o processo de colocação de novas antenas.

O texto estabelece como competência federal a fiscalização do atendimento aos limites, mas órgãos estaduais, distritais ou municipais terão a obrigação de informar ao órgão regulador federal quando de indícios de irregularidades.

Pelo texto, fica permitida a instalação e o funcionamento de estações transmissoras de radiocomunicação e de infraestruturas de suporte em bens privados ou públicos, com a devida autorização do proprietário do imóvel. A construção de edifício público ou privado destinado ao uso coletivo deverá contar com a infraestrutura necessária que permita a passagem de cabos e fibras óticas para a instalação de redes de telecomunicações.

A preocupação com possíveis riscos pela exposição humana aos campos eletromagnéticos gerados pelas estações de transmissão também é tratada neste projeto.

A CCT também aprovou o pedido de urgência para a matéria, que agora vai a Plenário. Clique aqui para acessar a pauta do resultado da reunião de hoje da CCT.

Por Marcela Oliveira
Assessoria de Comunicação da Abratel
Com informações da Agência Senado

COMPARTILHE:
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
E-mail
Imprimir
TÓPICOS:
Mais Lidas
Fachada do TSE em Brasília
TSE pode requisitar tempo de rádio e TV para comunicados
radio-tv
Emissoras têm até o dia 20 para informar representante à Justiça Eleitoral
logo-jovem-pan
Homenagem aos 30 Anos da Jovem Pan FM
Abratel_Oficio-2-5
NOTA DE REPÚDIO
RECORD RIO
Marlene-Gomes-1
NOTA DE PESAR
Marlene Gomes
Informe Abratel
Loading...
1 2 22

Abratel - Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Atuamos na defesa da radiodifusão no Brasil e trabalhamos para a valorização e promoção do serviço de comunicação mais democrático do país.

Notícias Relacionadas