Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Em 2020, R$ 23,7 bilhões foram investidos em publicidade digital

Data: 20/10/2021
Veículo: Meio & Mensagem

O ano de 2020 ficará para sempre marcado como um dos que revolucionou o uso do digital pela população e quando, na busca por esses consumidores, as marcas investiram em publicidade digital para alcançá-los. Essa premissa se mostra presente no Digital AdSpend, estudo feito pela Kantar Ibope Media e IAB Brasil. Cerca de R$ 23,7 bilhões foram investidos em publicidade digital, um ganho de 48% comparado à última versão do estudo, de 2018.

O crescimento expressivo do montante destinado a mídia digital em 2020 aconteceu, principalmente, no segundo semestre do ano. Na realidade, o investimento retraiu 7% no segundo trimestre do ano — provavelmente, pelo susto da pandemia –, mas depois cresceu em dois dígitos (22%) no terceiro e quarto trimestre (11%).

A maior parte do investido, cerca de três quartos, foi destinado a publicidade em mobile. Os formatos eleitos foram bem distribuídos. Já o modelo de transação prioritário foi o self-service (83%). Na disputa entre redes sociais e outros tipos de mídia digital, o que o relatório classificou como “Outros Digital” recebeu 54% do investido e as redes sociais 46%. O vídeo prevaleceu como o formato mais frequente nas redes sociais (83%) se comparado ao banner (17%).

Os 15 setores da economia elencados no ranking do estudo Inside Advertising, também da Kantar Ibope Media, concentraram, juntos, 94,4% do investimento digital. Os setores que mais destinaram share para o digital foram Serviços ao Consumidor (21,9%), Financeiro (12,2%), Mídias (7,6%), Eletrônicos (6,8%), Turismo (4,3%), Imobiliário (2,5%) e Vestuário (1%).

O relatório não só mostra o aumento do share em mídia digital em 2020, como indica tendência semelhante ou maior para 2021. No primeiro semestre de 2021, R$ 13,2 bilhões foram investidos em publicidade digital, um crescimento de 25% em relação ao mesmo período de 2020. A distribuição por device, formato e transação segue a mesma de 2020.

Os mesmos setores do Top 15 concentram 93% dos investimentos em digital. O setor imobiliário e de turismo ampliaram sua participação na mídia, e o mesmo deve ocorrer com empresas de bebidas, alimentos, higiene doméstica e higiene e beleza.

Ao questionar agências e anunciantes sobre as expectativas sobre o investimento no digital para este ano, 79% afirmou que ele deve aumentar. Cerca de 34% acredita que esse crescimento deve de 11% a 20% e 32% indica um crescimento de 21% a 30%.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp