Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Mais de 25 mil famílias de baixa renda já trocaram receptor de TV parabólica

Data: 20/01/2023
Veículo: MCom

A família da garçonete Silvana Julia da Silva, em Belo Horizonte (MG), é uma das mais de 25 mil que já recebeu o novo kit de TV Parabólica com sinal digital do Governo Federal. A medida foi necessária por conta da limpeza da faixa de 3,5 GHz para que o 5G fosse implantado na região e implica na transferência da banda C para a banda Ku, com sinal digital, melhor qualidade de som e imagem.

Por fazer parte do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o equipamento e a instalação foi disponibilizada sem custos para Silvana. Ela conta como foi ser beneficiada pela política pública. “Para mim e para os meus filhos foi muito bom. Teve melhoria na imagem e um maior número de canais. Meus filhos têm mais opções para assistir. A imagem é limpinha, muito boa. Eu indico essa antena para várias pessoas”, explicou.

A ação é coordenada pela Siga Antenado (Entidade Administradora de Faixa – EAF) e acompanhada pelo Ministério das Comunicações (MCom) e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Mais de 40 agendamentos já foram programados para as próximas semanas. Os equipamentos de recepção do sinal são mais modernos e visam garantir que não haja interferência nos canais abertos de TV via satélite com a chegada da tecnologia móvel. O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, conta como está sendo realizada a entrega das antenas.

“A instalação dos equipamentos é gratuita. Além de garantir mais qualidade de som e imagem, os kits proporcionam uma variedade maior de canais para as famílias. Para serem contempladas, as pessoas precisam estar no Cadastro Único e ainda estar usando as antenas parabólicas convencionais. A distribuição começou pelas capitais e agora está nas cidades acima de 500 mil habitantes”, ressaltou Juscelino Filho.

AGENDAMENTO – As famílias que se enquadram no perfil para receber as antenas de TV Parabólica devem agendar a troca dos kits pelo telefone 0800 729 2404 ou pelo site sigaantenado.com.br. O beneficiário informa dados pessoais, o número do CPF e o Número de Inscrição Social (NIS). Confira a lista de cidades que podem acessar o benefício.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp