Search
Search

Consumo de rádio cresce 186% entre 2019 e 2021

Consumo de rádio cresce 186% entre 2019 e 2021

Compartilhe:
There is nothing to show here!
Slider with alias none not found.

Aparelhos digitais ajudam o rádio convencional a crescer 186%

A pesquisa Kantar Ibope Media sobre o consumo de rádio no Brasil, realizada na última semana, aponta que o consumo do meio cresceu 186% entre 2019 e 2021. No ano do centenário do rádio no país, o crescimento estabelece um consumo animador.

Em um cenário de evolução das mídias digitais, o rádio se adaptou e se transformou intensamente nos últimos anos. Parte disso se deve à adaptação do meio em smartphones comercializados no Brasil. É o que afirma a pesquisa “Rádio online: O som do novo”. “Ter a opção de ouvir rádio online mudou como escuto meio”, responderam os entrevistados, segundo divulgado pela empresa. Esse público representa 28% dos ouvintes.

Em estatística, o consumo mensal (30 dias) se desempenhou da seguinte forma:

A pesquisa explica que o consumo online não se resume apenas ao rádio convencional, abrangendo também produções em áudio para plataformas digitais, como podcasts. Assim, 28% dos ouvintes do meio já aderiram ao consumo de áudio online. Os interesses variam entre conteúdos de comédia
e entretenimento (63%), notícias e política (51%) e negócios e finanças (44%). Esse movimento aponta espaço para crescimento de canais exclusivos de imprensa, incluindo as emissoras tradicionais. O uso de aparelhos eletrônicos como smartphones, computadores e tablets para execução também foi analisado.

Segundo a pesquisa:

Inclusão de Rádio FM em smartphones

Há um ano, a Abratel, junto de outras entidades, emitiu nota dando irrestrito apoio à política pública anunciada pelo Ministério das Comunicações, de inclusão da funcionalidade de recepção das transmissões de rádio FM em todos os aparelhos celulares fabricados no Brasil.

Em janeiro de 2021, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, informou estar trabalhando para viabilizar a recepção do rádio FM nos aparelhos celulares de forma livre e gratuita, sem a necessidade de utilização de wi-fi ou plano de dados. À época, a Abratel destacou a urgência no tema que poderia equiparar o Brasil a outros países de vanguarda.

Em outubro do mesmo ano a novidade já apresentava mudanças significativas. De acordo o Inside Radio 2021, estudo feito pela Kantar IBOPE Media, 80% dos brasileiros ouvem rádio e passam, em média 4 horas e 26 minutos acompanhando a programação. No momento, o consumo via smartphones já representava 25%.

moça ouvindo rádio pelo celular com dados descritos no texto ao lado

Comportamento do consumidor de áudio

Com a pesquisa recente da Kantar Ibope Media de 2022, foi possível observar que houve
crescimento de 86% do consumo de rádio através de smartphones, computadores e tablets, considerando os últimos cinco anos. Também foi possível contabilizar os motivos pelos quais as pessoas buscam conteúdo em formato de áudio. Para 15%, o motivo pela escolha é o tempo de tela causado pelo uso excessivo. Já para 50% dos entrevistados diz que escuta rádio ou conteúdo em áudio para desestressar.

Outro ponto interessante da pesquisa é que a publicidade em áudio se destaca mais frente à televisão. Os dados registram que para 86% dos entrevistados, a publicidade em áudio tem maior convencimento que pela programação da televisão.

Assessoria de Comunicação – Abratel

COMPARTILHE:
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
E-mail
Imprimir
TÓPICOS:
Mais Lidas
5g-montagem-pixabay-pexels_1400x875_5d5ecf0e13d04-1392x870-1
5G chegará para mais 236 cidades a partir da próxima segunda (27)
bola-de-futebol (1)
TV aberta é o principal meio que torcedores usam para se informar sobre esporte
ANDRÉ DIAS ACAERT
Abratel marca presença no ACAERT Next
Abratel_Oficio-2-5
NOTA À IMPRENSA
TV Jovem RECORD
Abratel_Oficio-2-5
NOTA À IMPRENSA
RICtv
Informe Abratel
Loading...
1 2 21

Abratel - Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Atuamos na defesa da radiodifusão no Brasil e trabalhamos para a valorização e promoção do serviço de comunicação mais democrático do país.

Notícias Relacionadas