Search
Search

Governo determina que TVs tenham DTV Play

Governo determina que TVs tenham DTV Play

Compartilhe:
There is nothing to show here!
Slider with alias none not found.

Data: 29/07/2020
Veículo: Minha Operadora

 

Recurso deverá estar presente em 90% dos televisores fabricados no país até 2023.

Apartir do ano que vem, as Smart TVs fabricadas no Brasil deverão contar com a tecnologia DTV Play (perfil D do middleware Ginga), recurso que permite oferecer aplicações interativas para os canais da TV aberta.

Na prática, as emissoras poderão oferecer conteúdos interativos, tanto por broadcast quanto pela Internet.

Essa interatividade permitirá segmentar e personalizar conteúdos, sincronizar dispositivos, realizar pesquisas, assistir vídeos sob demanda, além de acessar a programação com maior qualidade de áudio e vídeo.

Nesta terça-feira, 28, a Portaria Interministerial nº 40, publicada no Diário Oficial da União, fez alterações no texto do Processo Produtivo Básico (PPB) dos televisores de cristal líquido e com conexão à internet fabricados na Zona Franca de Manaus.

O recurso deverá começar a ser instalado gradualmente, em 30% das TVs a partir de 2021, 60% em 2022 e em 90% até 2023.

A medida atende a um pedido da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), que considera o DTV Play como “uma revolução no jeito de assistir televisão”.

“Hoje celebramos uma vitória para o setor de radiodifusão. Em breve, o DTV Play será realidade em milhões de domicílios brasileiros”, afirma Márcio Novaes, presidente da Abratel.

COMPARTILHE:
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
E-mail
Imprimir
TÓPICOS:
Mais Lidas
Tribunais e Ministérios Públicos de Contas manifestam apoio à aprovação do PL das Fake News
STF adia para junho julgamento das ações sobre regulação de big techs
Nova diretoria da AESP foi eleita por aclamação
Rádio se mantém forte como meio de mídia, aponta pesquisa
The New York Times vai receber US$ 100 milhões do Google durante três anos
Informe Abratel

Abratel - Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Atuamos na defesa da radiodifusão no Brasil e trabalhamos para a valorização e promoção do serviço de comunicação mais democrático do país.

Notícias Relacionadas