Associação Brasileira de Rádio e Televisão

MiniCom defende novos testes para verificar desempenho de modelos de digitalização do rádio

 Novos testes técnicos para verificar o desempenho dos modelos existentes de digitalização do sistema radiofônico brasileiros são fundamentais para garantir o caráter universal do rádio tal como existe hoje e também a segurança para as emissoras. Foi o que defendeu o diretor do de Acompanhamento e Avaliação de Serviços de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Octavio Pieranti, na manhã desta terça-feira na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado Federal.

Pieranti, que é vice-presidente do Conselho Consultivo do Rádio Digital (CCDR), focou sua apresentação em testes realizados em algumas emissoras de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Segundo o diretor do MiniCom, os testes revelaram “limitações de potência e cobertura inferior à transmissão analógica, um resultado ruim para esperava a digitalização imediata”.

“Porém, temos confiança de que esses sistemas de transmissão radiofônica funcionam. A questão é encontrar a configuração possível para esse funcionamento, considerando a realidade brasileira de espectro congestionado em parte significativa da maior parte das regiões metropolitanas”, destacou, observando que a opção do desligamento não foi colocada pelo governo.

Segundo Pieranti, o CCRD verificou a viabilidade técnica de 100 emissoras dos Estados citados. Mas a maioria imensa foi descartada por não reunir todas as premissas ou falta de interesse em sediar testes.

Além disso, em audiências públicas anteriores foi constatado que o público demonstrou falta de entendimento sobre a real oportunidade da digitalização do rádio.

A audiência pública contou com a participação do chefe de Gabinete da Diretoria da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Braulio Ribeiro; do engenheiro de sistemas da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), André Felipe Trindade; da gerente de tecnologia da Associação Brasileira de Emissoras e Rádio e TV (Abert), Monique Cruvinel, e do representante da Associação Mundial das Rádios Comunitárias (Amarc), Pedro Martins.

Por Minicom

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Notícias

Assessoria de Imprensa

Amanda Salviano

+55 61 3212-4686
+55 61 99112-5734

imprensa@abratel.org.br