Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Inatel, Sindisat e Abrasat renovam parceria de pesquisa

Data: 15/04/2021
Veículo:Telesíntese

O Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), o Sindicato Nacional das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Sindisat) e a Associação Brasileira das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Abrasat) renovaram sua parceria para um novo projeto de pesquisa que intenciona propor soluções para empresas de satélites.

O convênio entre as partes começou em 2017 com o objetivo de estudar a respeito do uso de satélites nas infraestruturas 5G. Isso resultou em propostas para redes de distribuição de conteúdos com armazenamento local e Internet das Coisas para o 5G híbrido. Agora, o Inatel aprofundará a pesquisa para redes programáveis e virtualizadas com satélite de alta e média órbita.

Com duração de dois anos, o projeto prevê duas bolsas de doutorado na Inatel e o uso de equipamentos de ponta para testes reais com satélites. O Sindisat será responsável pelos investimentos que virão por meio de sete empresas: Claro, SES DTH Brasil, Inmarsat, Hughes, ViaSat Brasil, ST Engineering e Comtech.

Dentre os principais pontos de estudo do projeto está o funcionamento de softwares nos satélites. “Estão utilizando um programa para virtualizar funções de rede e estamos pesquisando para entender como esses softwares vão entrar nos satélites junto com o 5G”, relatou Antônio Marcos Alberti, Coordenador do ICT Lab do Inatel.

O Diretor do Inatel, Carlos Nazareth, afirmou que cresce a necessidade de integração entre satélites e a comunicação móvel. Ele argumenta que a fibra óptica não necessariamente cobre regiões remotas ou as demandas do tráfego internacional. (Com assessoria de imprensa)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp