Associação Brasileira de Rádio e Televisão

EAF cria site que explica importância de adoção da antena parabólica digital

Site orienta a população sobre a necessidade de troca da antena parabólica

A Entidade Administradora da Faixa (EAF), responsável pela operacionalização dos compromissos associados à faixa de 3,5 GHz, lançou, na última segunda-feira (6), o site Siga Antenado, que visa tirar dúvidas da população sobre a fase de migração da antena parabólica comum para a digital. O site reúne explicações de como será realizada a entrega de kits à população integrante do Cadastro Único, a razão pela qual a mudança deve ocorrer e os benefícios que trarão.

A campanha de comunicação, junto do lançamento do site, explica que é necessário trocar a antena parabólica convencional pela digital porque assim que o sinal do 5G for utilizado pelas empresas de telefonia e internet, haverá interferência no sinal de televisão que utiliza a Banda C. Para evitar esse tipo de problema, é necessário que as antenas parabólicas digitais sejam instaladas em todas as residências. Em contrapartida, com a adoção da Banda KU, a população receberá imagem mais nítida, melhor qualidade de som, equipamentos mais modernos, novos canais e programação regional que se mantém gratuitamente.

Poderá solicitar o kit de TV Digital os cidadãos inscritos no Cadastro Único do Governo Federal desde que possuam a antena parabólica em sua residência, com direito a instalação também gratuita.

O movimento de migração é de extrema importância para a limpeza da faixa que será utilizada para a implementação do 5G que deve chegar às capitais do país até setembro. Para isso, uma reunião será realizada na próxima semana, onde a EAF apresentará uma proposta de cronograma para a desocupação da faixa.

Conheça o site.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp