Search
Search

Abratel participa da reunião inaugural do GT da TV 3.0

Abratel participa da reunião inaugural do GT da TV 3.0

Compartilhe:
There is nothing to show here!
Slider with alias none not found.

Implementação da nova geração da TV digital no país está prevista para 2025

O Ministério das Comunicações (MCom) realizou, nesta quinta-feira (27), a primeira reunião do Grupo de Trabalho da TV 3.0 (GT TV 3.0). O diretor-geral da Abratel, Samir Nobre, participou do encontro ao lado de representantes do setor de radiodifusão e do diretor da Record TV, José Marcelo do Amaral, membro do grupo e ex-presidente do Fórum SBTVD.

O secretário de Comunicação Social Eletrônica do MCom e presidente do GT, Wilson Wellisch, conduziu a reunião juntamente com a secretária-executiva do MCom, Sônia Faustino, e representantes da Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom), da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), do Ministério da Fazenda e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC). Além disso, estiveram presentes membros de instituições da sociedade civil, da academia e do setor privado.

Ao longo da manhã, Wellisch apresentou um panorama geral da abertura e instalação do Grupo de Trabalho; o regimento interno; os coordenadores de cada subgrupos; e a metodologia de trabalho.

“A implementação desta nova tecnologia de radiodifusão será importantíssima para uma mudança de patamar no setor, inclusive no que se refere à concorrência imposta pelos serviços de streaming. Será um trabalho longo, mas, tal como foi na implementação da TV Digital, vamos participar de uma nova virada de chave na radiodifusão”, explicou o secretário.

Sônia Faustino, caracterizou a reunião como “histórica”. “Este é um momento de extrema importância, não só para o MCom, mas para o Brasil como um todo, e vai mudar a história da radiodifusão”, afirmou.

Para o superintendente de Outorga e Recursos à Prestação da Anatel, Vinícius Caram, o grupo é essencial para  definir alguns aspectos técnicos e práticos da TV 3.0, como por exemplo a segmentação de conteúdo de acordo com localização geográfica dos telespectadores.

“Sabemos que o futuro da TV digital precisa desse novo passo. Vamos pensar não somente em um modelo tecnológico mais apurado para TV, mas que também agregue conectividade e seja mais sustentável para o setor. Tenho certeza que sairemos daqui com uma solução para o futuro da TV 3.0 no País”, apontou Caram.

As atividades do GT TV 3.0 seguem até 31 de dezembro de 2024. Segundo a pasta, o grupo deve apresentar, neste prazo, propostas que vão definir todo o funcionamento da nova geração de TV digital no Brasil. Essas proposições incluem: regulamentação; padrão tecnológico; modelo de implantação no território nacional; e cronograma de implantação e transição para a TV 3.0.

Confira a lista completa com os nomes que compõem o GT da TV 3.0 e seu Regimento Interno.

Com informações do MCom

COMPARTILHE:
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
E-mail
Imprimir
TÓPICOS:
Mais Lidas
5g-montagem-pixabay-pexels_1400x875_5d5ecf0e13d04-1392x870-1
5G chegará para mais 236 cidades a partir da próxima segunda (27)
bola-de-futebol (1)
TV aberta é o principal meio que torcedores usam para se informar sobre esporte
ANDRÉ DIAS ACAERT
Abratel marca presença no ACAERT Next
Abratel_Oficio-2-5
NOTA À IMPRENSA
TV Jovem RECORD
Abratel_Oficio-2-5
NOTA À IMPRENSA
RICtv
Informe Abratel
Loading...
1 2 21

Abratel - Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Atuamos na defesa da radiodifusão no Brasil e trabalhamos para a valorização e promoção do serviço de comunicação mais democrático do país.

Notícias Relacionadas