Search
Search

Kantar IBOPE Media analisa relação dos brasileiros com conteúdos em vídeo

Kantar IBOPE Media analisa relação dos brasileiros com conteúdos em vídeo

Compartilhe:
There is nothing to show here!
Slider with alias none not found.

Dados apontam que 22% das pessoas consomem os formatos online e linear em um único dia 

A Kantar IBOPE Media divulgou a edição de dezembro do Data Stories, conteúdo temático lançado bimestralmente pela empresa. O material, batizado de “Tendências e previsões para o vídeo: os caminhos do vídeo junto ao consumidor brasileiro”, explora as relações do público com o formato, conectando hábitos de nível global ao comportamento nacional.

De acordo com a publicação, 35% dos brasileiros afirmam que a televisão é sua principal fonte de entretenimento e 71% gostam de relaxar assistindo à TV. Neste cenário, despontam as TVs Conectadas (CTVs), que oferecem equilíbrio entre personalização e privacidade, ao permitir acompanhar a granularidade de cada canal e conteúdo (linear ou on demand) sem o compartilhamento de dados sensíveis ou pessoais.

Hoje, o aparelho tem 60% de penetração no Brasil, com maiores destaques para as praças de Fortaleza (68%), Brasília (65%) e São Paulo (63%). Por outro lado, 49% dos brasileiros dizem que os serviços de transmissão online mudaram a forma como assistem à TV. Entre os principais motivos que levam à assinatura de uma plataforma de vídeo online estão amplo catálogo de filmes e séries novos (46%), amplo catálogo de filmes e séries antigos (24%) e conteúdo original do fornecedor (15%).

Com a greve de profissionais do audiovisual nos Estados Unidos, canais e plataformas voltaram-se tanto às produções de outros mercados quanto ao resgate de programas antigos, apoiando-se no poder da nostalgia. Em 2024, o movimento deverá persistir, com um menu mais diversificado em origens e idiomas, além do retorno daquilo que já foi sucesso em outro tempo ou outro canal.

Prova dessa projeção é que, hoje, 33% dos brasileiros preferem ver programas de TV em seus idiomas originais. E mais: 35% mencionam séries estrangeiras e 49% citam filmes internacionais entre os conteúdos mais assistidos. Em 2023, ainda foi possível ver diversos produtos audiovisuais aguardados pelo público lançados com uma estratégia em diversos canais. Barbie, Super Mario Bros.

O Filme, A Pequena Sereia e outros lançamentos integraram universos como games, social media, música, TV linear e plataformas de vídeo online. O desdobramento de eventos presenciais em programação, como a transmissão do festival The Town pela TV ou turnês musicais gerando filmes no cinema, também mostram que o conteúdo é transversal aos canais.

Hoje, a população nacional caminha em direção ao crossmedia. Dados da Kantar apontam que 22% das pessoas consomem vídeo online e TV linear em um dia, sendo que 26% assistem exclusivamente ao formato linear. Além disso, os brasileiros são multiplataforma, embora a grande tela ainda seja a principal forma de se assistir a conteúdo, até mesmo para os títulos online.

No próximo anos, na avaliação da Kantar,  deveremos ver ainda mais exemplos dessa presença multicanal nos grandes lançamentos audiovisuais, uma vez que as próprias audiências trafegam entre meios e telas, consumindo diversos canais e plataformas em busca do conteúdo onde quer que ele esteja.

Com informações da Kantar IBOPE Media

COMPARTILHE:
WhatsApp
Facebook
LinkedIn
E-mail
Imprimir
TÓPICOS:
Mais Lidas
logo-jovem-pan
Homenagem aos 30 Anos da Jovem Pan FM
Abratel_Oficio-2-5
NOTA DE REPÚDIO
RECORD RIO
Marlene-Gomes-1
NOTA DE PESAR
Marlene Gomes
Affonso Brandao Hennel
NOTA DE PESAR
Affonso Brandão Hennel
Fact or Fake concept, change wooden cube
Câmara institui grupo de trabalho para debater a regulação das redes sociais
Informe Abratel
Loading...
1 2 22

Abratel - Associação Brasileira de Rádio e Televisão

Atuamos na defesa da radiodifusão no Brasil e trabalhamos para a valorização e promoção do serviço de comunicação mais democrático do país.

Notícias Relacionadas